Cais do Sodré, ou carrocel?

Este lugar é sui generis. Tem estas coloridas peças de mobiliário urbano, que num primeiro olhar condizem com o ambiente solarengo e prazenteiro que ali se vive, onde os turistas bebem o sol como cerveja fresca. Mas, quem  por lá se senta, são afinal velhotes de olhar perdido que parecem ali ter sido depositados ad eternun,   mendigos que falam sózinhos, e emigrantes africanos que perderam o seu rumo e que por aqui vagueiam. Cadeiras coloridas? Talvez...mas, bem vistas as coisas, parece mais um carrocel triste desbotado pelo sol!