D. Zélia. vende peixe na banca da D. Manuela

 Fui ao mercado de Alvalade e, como sempre, apeteceu-me desenhar pessoas, mais própriamente vendedoras que, por causa do frio, estavam ricas em golas, camisolas e xailinhos que lhes davam um colorido especial.Todas elas estão ali há muitos anos e todas foram muito simpáticas. Entre "ai menina, isto dantes é que era bom, agora não se vende nada", risinhos envergonhados e "veja lá não me faça muito gorda", uma disse: " Eu já vi esta menina ontem, não foi?". Disse que não e ela: "Ah! É que ontem também andava assim uma, com um cadernito, tal qual assim, ao pé do Museu da Cidade." . Quem será a minha sósia?