Vidas...

Uns minutos numa esplanada da linha bastam para relembrar que nem tudo é bucólico como Marvão... benvinda pois, à vida real!