Desenhar para lembrar


Desde sempre tenho tentado que o blog não seja apenas um amontoado de desenhos e que tenha, pelo menos para mim, um valor emocional acrescido, sem o qual não me parece ter qualquer sentido. Ultimamente tem-me apetecido que haja também uma relação entre os desenhos  e o que se vai passando fora das quatro paredes da minha vida. É claro que, para isso, os desenhos não podem ser exclusivamente de observação e no local, mas - como diz o bebé que é imagem da Chicco - "Qui comando io" e, por isso, aqui posso publicar tudo, com toda a  liberdade.
Ontem porém, pude fazer um desenho in loco sobre o acontecimento da semana: desenhei  o João Pedro a ler   nos jornais a notícia da morte daquele  que, na foto de há muitos anos,  parece disputar com ele o tamanho das suas bochechas!