Lido

Passei pela primeira vez neste edifício abandonado. Alguma coisa nele me fez parar e fazer a sequência de   piscas, inversão de marcha, uma voltinha a observar,  escolher lugar e estacionar.
Fiquei por ali algum tempo, mais do que tinha pensado, pois eram muitas as janelas e os vidros, os inteiros, os partidos, os tijolos, as Tag's e as letras. Estava eu a perguntar-me porque  teria escolhido este sítio para desenhar, se nunca ali tinha estado e aquilo nada me dizia, quando ouvi uma senhora, dizer a outra : "Cada vez que aqui passo e olho para este edifício dá-me cá uma tristeza..." Percebi então porque tanto o quis desenhar.