Sardoal

Sardoal é a terra do meu pai. Inacreditavelmente só lá fui uma vez, e foi no sábado. Ia cheia de vontade de desenhar porque imaginava que seria uma bonita terra. E é de facto! Tem bonitas ruas de casas brancas com faixas coloridas, muitas vezes amarelas, e de chão calcetado com seixos polidos multicolores, retirados do rio Além disso estava enfeitada para a Páscoa, com panos de cetim roxo nas janelas e tapetes de flores nas igrejas. Por azar, choveu todo o tempo que lá estive, e foi impossível desenhar...Apesar disso fiz uns esbocitos a lápis que depois pintei em casa, só para ficar com uma recordação. Afinal, não é todos os dias que visitamos lugares onde temos raízes:)