Sítios de outro tempo

Há sítios que envelhecem mal. É o caso desta esplanada no Parque Eduardo VII, grandiosa noutros tempos, agora  antiquada, descuidada e até decrépita. Em tudo. Mesmo nos empregados. Por favor, queria pagar o café, quanto é? Um euro e dez. Pago. Não me dá troco. Desculpe, quanto disse que era? Ah, esqueci-me do troco. Quer factura? Sim, se faz favor. Com contribuinte? Não, obrigada. Simplificada portanto, conclui doutoralmente com superioridade. Mas nem tudo foi mau. O café deixou-se beber, e o desenho foi andando. Já agora, boas notícias: há obras no Pavilhão dos Desportos!