Desenhar Contigo II- Sob o signo das batatas!

O Francisco foi o primeiro a chegar e quis desenhar batatas. 
Cozidas, como gosta, esmagadas em puré. 
Quando perguntei se queria fazer batatas fritas disse que não, que era "demasiado fácil para a sua idade". 

Copiei o Francisco e também fiz batatas - cruas com casca, cozidas, e por fim fritas!


A Sofia, mãe do Francisco, resolveu imitá-lo também. As batatas dela são cozidas, mas com pele.

O Emio fez um desenho dele e da Ema, que estava com um lenço cor de rosa.
Depois pediu-me para desenhar "o amor". Como eu não percebi o que ele queria, fez-me o sinal dum coração com as mãos,  e eu desenhei-o.

No entanto, quando  o Emio viu as minhas batatas fritas, inspiradas nas batatas do Francisco, também quis fazer umas. No fim pediu-me para eu fazer o sal.

A Teresa estava a fazer exercícios de matemática com o pai, mas vendo tudo isto também quis fazer as suas  batatas fritas que, por sinal, ficaram lindas.

 Depois chegou a Sandra. Não lhe apetecia desenhar. Nem fazer nada.


Fui lá para fora com ela, para ver se queria desenhar os prédios, mas nem assim...

Finalmente percebeu o que lhe apetecia fazer: pintar as unhas! 
E eu desenhei-a enquanto a Rosarinho as pintava.


No fim da manhã, a Teresa foi comprar um pacote de batatas fritas, que toda a gente comeu. 
Porque terá sido???