Outono

Numa pausa de trabalho, resolvi descer do 10º andar e aventurar-me  no denso aglomerado de árvores de que só costumo ver as imponentes e frondosas copas. O Parque Eduardo VII é, mais do que um jardim,  quase um bosque, ontem já húmido e sombrio, mas que deixava ainda entrar algumas résteas  de um sol enfraquecido, que hoje me parece ter sido premunitório destas primeiras chuvas. O Outono é lindo e - não há volta a dar! - melancólico, também.Mas eu gosto !
Como dizia Eugénio de Andrade: "O Outono vem vindo, chegam melancolias/ cavam fundo no corpo,/ instalam-se nas fendas; às vezes/ por aí ficam com a chuva/ apodrecendo; /ou então deixam marcas; as putas/, difíceis de apagar, de tão negras".