Lojas- queria desenhá-las todas

As lojas na Índia, como em muitos outros países, nada têm a ver com o nosso conceito tradicional de comércio. Pouco mais são que pequenos buracos escavados e, no entanto, seja pela diferença, pela cor ou pela  simplicidade, são lindas e todas elas parecem ter um letreiro a dizer: "Desenha-me!".
Em Pondicherry, escolhi  uma venda de arroz e cereais, e uma colorida loja de fruta.
Quem já desenhou em sítios como estes, sabe a curiosidade que o desenho cria nas pessoas, que imediatamente se põem por trás do nosso ombro como "papagaios de pirata", a ver tudo o que fazemos. As vergonhas e o medo de desenhar mal, perdem-se nestas paragens logo no primeiro dia!
Se há sítio também, onde  o desenho aproxima as pessoas,esse sítio é aqui!






No mercado, escolhi a venda de batatas e cebolas porque, para mim, era a que tinha  cores e luzes mais incríveis!